+352 621 592 463 WhatsApp

Dynamic Range Compression

by inconsequência | com requintes tecnológicos

O Portal do jornal carioca, O Globo, em maio de 2013, noticiava: Lei limita volume de áudio de comerciais de rádio e TV – Emissoras devem controlar sinais de áudio para não ocorrer “elevação injustificável de volume nos intervalos comerciais’”.* A lei 10.222, de maio de 2001 “padroniza o volume de áudio das transmissões de rádio e televisão nos espaços dedicados à propaganda e dá outras providências”. O Ministério das Comunicações teria declarado ao Globo que a regulamentação obedeceu padrões internacionais, estabelecendo um limite máximo de variação de 2 decibéis.

Atire o primeiro controle remoto quem acha que a lei está sendo respeitada. A lei sobre nivelamento de volume entre comerciais e programação (filmes, novelas etc.) tem sido driblada com o Dynamic Range Compression.

Sobre este podcast: a repetição da mensagem, por si, é maçante. As batidas de uma espécie de claquete são uma afronta à inteligência até de uma galinha.

*Reportagem assinada por Mônica Tavares

CONTACT ME

Find Me:

Whenever


Call 55 (41) 99 22 55 230 (WhatsApp)


Type contato@fabioriesemberg.com.br

4 + 4 =

English