+352 621 592 463 WhatsApp

Entre 1976 e 1980 cursei o ensino fundamental na Escola Estadual Barão do Rio Branco, em Curitiba, que utilizava uma pesada e traumatizante sirene para marcar o início, intervalos e fim das aulas. Era o tempo do regime militar. A diretora da escola, D. Maria Ivete, havia mandado substituir a velha campainha, já pavorosa. O motivo da substituição teria sido a indiferença dos alunos aos sinais sonoros. Maria Ivete pensava ter solucionado a questão através daquela tortura sonora.

No bairro onde as amostras de som foram captadas para o Low-Fi – Livro de Ruídos, não passa muitas horas sem que um alarme automotivo ou residencial dispare. Domingos nunca passam em branco.

Fabio Riesemberg

Autor de Low-Fi

CONTACT ME

Find Me:

Whenever


Call 55 (41) 99 22 55 230 (WhatsApp)


Type contato@fabioriesemberg.com.br

6 + 7 =

English